Ser gay e ter amigos heterossexuais

Se sair do armário pode ser um desafio, saber manter as nossas relações com amigos heterossexuais não fica atrás! Há amigos que são apenas isso, amigos, sempre foram e tudo o que pretendemos deles é amizade, no entanto, nem sempre somos bem entendidos.

Veja como evitar que amigos se afastem e como lidar com a situação sem constrangimentos.

Entender os amigos heterossexuais

O primeiro passo para conseguir manter as amizades é tentar entender os nossos amigos heterossexuais.

Provavelmente foram nossos amigos durante muito tempo e nunca souberam que erámos gays. Talvez tenham desconfiado, talvez tenham estranhado os nossos olhares para outros homens, mas nunca tiveram a certeza até ao dia em que saímos do armário e lhes contámos.

As amizades entre duas pessoas do mesmo sexo, duas mulheres, dois homens, são sempre mais francas e honestas, pois partimos do princípio que nunca existirá interesse romântico e assim, as coisas ficam mais leves, mais descontraídas. Ao saberem que é gay, podem ficar com receio demonstrar interesse romântico, mesmo sem querer. Se antes uma mensagem às duas da manhã, era apenas uma mensagem, agora podem ter receio que a interprete de outra forma.

Porque é importante ser honesto

Ao ser totalmente importante com os seus amigos, contar-lhes os seus receios, as suas paixões, os desafios que tem que superar, está, novamente, a criar uma amizade e o seu amigo saberá que poderá confiar em si.

Se for sempre honesto, os seus amigos também deixarão de ter receio que os interprete mal, pois também eles se sentirão à vontade para o deixar saber, de forma óbvia, que são apenas amigos.

A honestidade é a base de qualquer amizade, seja entre gays, entre heterossexuais e entre gays e heterossexuais.

Atitudes que poderá querer evitar

Atenção que não tem que mudar por ser gay, nem deixar de ser quem é, mas, principalmente ao início, também não custa evitar algumas situações que possam ser mal entendidas.

Os seus amigos precisam de tempo para perceber que você continua o mesmo, que a vossa amizade continua a mesma.

  • Toques físicos – Evite toques que possam ser confundidos com carícias. Você poderá estar apenas a agir normalmente com um amigo, mas lembre-se que este não sabe exatamente o que você está a pensar;
  • Olhares fixos – Ficar a olhar fixamente para alguém durante muito tempo é sempre sinal de interesse. Tente não deixar o seu amigo confuso;
  • Cuidado com a bebida – Se por acaso estiver mesmo apaixonado por um amigo e tiver a certeza que ele não é gay, cuidado com a bebida, poderá fazê-lo ter atitudes de que mais tarde se arrependerá;

Quando nada resulta

Nem sempre os nossos esforços resultam! Pode ter amigos que são contra os homossexuais e aí não há nada que possa fazer. Pode também acontecer que, apesar de não serem contra homossexuais, podem não se sentir confortáveis por terem medo de serem mal interpretados.

Se nada resultar, então é altura de escolher novos amigos, gays ou não. A sua orientação sexual não deve ser motivo de exclusão, portanto se os seus amigos atuais não conseguirem lidar com isso, terá que conseguir novos amigos, mais atuais e com mentes mais abertas.

Comunidade homens gay

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Já és #XY? A maior Rede Social para Homens:QUERO SER XY!