Sou gay. E agora?

Hoje o Blogue XY, quer partilhar convosco o testemunho de Paulo, que infelizmente, como muitos outros homens gay, ainda não teve coragem para assumir a sua homossexualidade.

Esta é a história de Paulo!

Ainda não consegui assumir que sou gay!

Boa tarde, chamo-me Paulo e tenho 30 anos, sou de Lisboa. Já sigo o site XY, há algum tempo, e finalmente deram início a um blogue, que até agora, estou a gostar bastante do que leio! O facto de ser utilizador do site, permitiu-me conhecer online vários homens, sentir-me bem comigo mesmo, e aceitar que sou gay!

Acho que desde os meus doze anos que sei que sou gay, infelizmente, a comunidade a que pertenço não aceita bem a homossexualidade. Infelizmente, o meu pai é militar, por isso, rígido, mal consigo falar com ele, e a minha mãe, sendo doméstica, é uma pessoa que passa mais tempo preocupada com a opinião dos vizinhos do que em saber o que se passa dentro da sua própria casa!

Para que nunca percebessem quem sou na realidade, sempre fingi gostar de raparigas, mesmo quando não sentia nada por elas, nas brincadeiras de rua, via as meninas a brincarem com bonecas e adorava, mas tinha que ir jogar à bola, senão podia haver problemas.

As actividades masculinas tiverem sempre que ser executadas, para que o meu pai não notasse, até me enviou para o Colégio Militar, para seguir a mesma carreira que ele, odiei-o por isso!

Somente há dois anos, tive a primeira relação gay, conheci-o através do site XY, e desde então que sou muito feliz! Não podia sair para bares gay, tinha medo de encontrar alguém conhecido, e o facto de a minha família sequer sonhar com essa hipótese deixa-me muito assustado. O Tiago, homem com quem mantenho o meu relacionamento gay, já quase há dois anos, tem-me pressionado para me abrir à minha família, é o que mais quero, acima de tudo, poder ser quem sou na realidade, sem mais mentiras!

Estou farto de me esconder entre quatro paredes e não poder assumir o amor que sinto pelo meu companheiro, não poder andar de mãos dadas na rua com medo de encontrar alguém conhecido! Ando a tentar ganhar coragem, penso que estou quase, até porque o meu companheiro está a ficar farto da situação, visto que há muito que se assumiu perante a sua família e amigos!

Só espero que depois de assumir, o meu pai me aceite tal como sou, tal como a minha mãe, pois eu sou gay e tenho orgulho nisso! Só quero que tudo corra bem!

Para muitos, assumir a sua homossexualidade é um grave problema

As dificuldades que Paulo tem para assumir que é gay, são iguais a de tantos homens. Infelizmente, os homens sofrem pelo facto de não poderem assumir quem são na realidade.

Vamos- lhe dar algumas dicas para o ajudar a assumir de forma fácil, simples e que não lhe causem dor:

  • Escolha uma pessoa da família ou um bom amigo, para desabafar e contar toda a verdade. Será essa pessoa, que o irá ajudar a contar a restantes amigos e familiares.
  • Tem sempre que se preparar para o pior. Hoje em dia, já há uma aceitação muito maior, e esperemos que tudo corra bem, mas é simplesmente, preferível preparar-se para o pior e depois acontecer algo de bom.
  • Se for como no caso da família de Paulo, nunca desconfiaram de nada, tem que dar tempo às pessoas para interiorizarem a informação que lhes vai transmitir. Inicialmente devem de ficar chocados, mas passados alguns dias, verão as coisas de outra forma. Tudo irá correr bem!
Comunidade homens gay

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Já és #XY? A maior Rede Social para Homens:QUERO SER XY!