Gays do século XXI – como somos vistos aos olhos da sociedade

Gays do século XXI - como somos vistos aos olhos da sociedade

Infelizmente estamos em pleno século XXI e sermos gays é ainda visto como uma praga aos olhos da sociedade.

Infelizmente, não são ainda raros os casos de jovens e adolescentes que por vergonha da sua orientação sexual, acabam por desistir da própria vida.

Infelizmente, são muitas as famílias que ainda não compreendem que ser gay não é uma escolha que se faça.

Infelizmente existem ainda famílias onde homens ou mulheres escondem a sua orientação e vivem uma mentira e angústia constantes.

Infelizmente são ainda muitas as famílias que renegam os próprios filhos porque têm vergonha da sua orientação sexual.

Não são poucas as vezes que quando estou a jantar com amigos ouço conversas entre casais que dizem “preferia ter um filho deficiente em vez de gay”.

Meu deus, que sociedade é esta que vê com tão maus olhos o amor entre duas pessoas do mesmo sexo? Mas que mal é que lhes fizemos? Porque é que é tão complicado aceitarem isso?

É preciso mudar mentalidades, é preciso saber aceitar. Eu quero acreditar que as próximas gerações vão ter uma sensibilidade muito maior a este assunto.

Gays em pleno século XXI? Isso devia ser proibido

Esta é uma daquelas questões que me faz confusão. Será que as pessoas mais novas têm a mesma mentalidade que as pessoas com 60, 70 ou 80 anos?

É que tem dias em que eu acho que sim. Acho que muitos ainda julgam que homens gays são sempre “borboletas” e que andam com plumas quando não estão a trabalhar – embora para muitos os gays só possam ter 2 trabalhos: bar de alterne ou gigolos.

Muitos pensam que mulheres lésbicas são “camionistas” e que são mais machos que muitos homens.

Sabes sociedade, isso não é assim nem precisa de ser. Mas sabes porque é que isso acontece?

Porque tu, com as tuas implicâncias, com os ataques dissimulados e com as crenças que foram sendo incutidas ao longo das gerações fizeste com que as pessoas para se assumir tenham que criar uma espécie de “alter ego”.

Explica-me sociedade, como é que em pleno século XXI conseguimos ter famílias que dizem aos mais pequenos que é errado uma criança ter dois pais. Que era preferível ser órfã ou ser adotada.

Em que lugar no mundo a orientação sexual de um casal é mais importante que a felicidade, conforto e educação de uma criança?

Eu tenho um filho com 7 anos! É adotado (obviamente). Mas desde cedo lhe disse que poderia ser um pouco complicado na escola com os outros meninos. Mas a verdade é que a maldade não vem das outras crianças.

Vem dos pais dessas crianças que não conseguem perceber que uma das coisas mais importantes do mundo, é e será sempre o amor.

Agora expliquem-me, em que século vamos poder ser gays à vontade? Quando é que a descriminação irá parar?

Infelizmente tenho a certeza que não vou estar cá para ver… Mas espero que tu estejas e que possas aproveitar um mundo em que ser gay é tão normal como ser hétero.

Comunidade homens gay

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Já és #XY? A maior Rede Social para Homens:QUERO SER XY!