Como se defender da homofobia (e porque se deve defender)

homofobia

Olhares de lado, comentários maliciosos e ações de discriminação. Estes são apenas alguns dos exemplos das atitudes homofóbicas a que os homens e mulheres homossexuais estão sujeitos. Apesar de existirem claras melhorias na nossa sociedade, este tipo de atitudes ainda existe e contribui para a baixa autoestima dos homens gays.

É importante saber como se pode defender da homofobia e, mais importante, saber porque é vital que o faça.

Encarar a homofobia

Encarar não significa aceitar! Encarar apenas significa tomar conhecimento de que ela existe e tomar uma atitude.  Muitos homens gay escolhem ignorar a homofobia e preferem esconder a sua orientação social, sendo que muitos optam até por nunca sair do armário e vivem a vida toda sem nunca serem verdadeiramente livres e felizes.

O primeiro passo para se defender da homofobia é encará-la, saber que ela existe. O segundo passo é saber como se defender.

Reconhecer a homofobia

Existe atos de homofobia que qualquer pessoa, gay ou não, consegue perceber. Um comentário maldoso ou um olhar de desaprovação. Mas existem também outros atos de homofobia que nos podem passar despercebidos, e esses podem ser os mais prejudiciais para nós.

  • Quando aquele seu “amigo” é só amigo dentro de portas fechadas, mas não quer sair consigo na rua, porque não quer ser visto com um gay;
  • Quando o seu chefe gosta do seu trabalho, mas prefere não lhe dar cargos importantes porque…. Você é gay;
  • Quando os seus amigos o começam a tratar de forma diferente depois de descobrirem que é gay, mesmo quando dizem que “não tenho nada contra gays”:
  • Quando algumas das perguntas que lhe fazem não são apenas parvas, mas às vezes são mesmo ofensivas;

Defender-se da homofobia

Aceite quem é e seja orgulhoso disso. Ser gay é uma orientação sexual, não é motivo de vergonha. Só após aceitar a sua homossexualidade, pode realmente defender-se da homofobia, pois muitas vezes somos nós mesmos que a perpetuamos.

Ao compactuarmos com atitudes homofóbicas estamos apenas a contribuir para que a discriminação aconteça cada vez mais. Claro que falar é mais simples do que fazer, sabemos que às vezes é arriscado assumir quem somos, como por exemplo, quando necessitamos muito de certo emprego. No entanto, sempre que possível devemos defender quem somos, pois só assim nos conseguimos defender da homofobia.

  • Não esconda quem é. Quer andar de mão dada com o seu namorado na rua? Ande! Quanto mais pessoas tiverem esta atitude, mas rapidamente a sociedade vai ser obrigada a aceitar;
  • Frequente bares gays, conheça outras pessoas. Não fique em casa com vontade de se esconder;
  • Escreva! Atualmente existem milhões de blogs na internet, porque não contar a sua história? Partilhe a sua vida e mostra que ser gay não é o bicho de sete cabeças que todos imaginam;
  • Foram desagradáveis consigo? Responda! Claro que não vale a pena entrar em confronto com pessoas de mente fechada, mas baixar a cabeça não é opção. Mostre orgulho e as pessoas vão acabar por perceber!

Já foram vítimas de homofobia? Como lidaram com a situação?

Comunidade homens gay

Deixar uma Resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Já és #XY? A maior Rede Social para Homens:QUERO SER XY!